20 janeiro 2017

Lá estava ela

Resultado de imagem para velha tumblr

     Seus pés arrastavam seu corpo frágil e magro pela casa, seus dedos de lápis envolviam-se nos móveis para manter-se de pé mesmo que com os ombros pendidos. Lá estava ela, vagando pelos quartos vazios, empoeirados com lembranças do passado. Com seus cabelos brancos que se recusavam a permanecerem alinhados num coque mal feito, junto a um vestido já velho de tanto usado. Mas já não importava mais, sua aparência já não importava mais, pois nada adiantaria demorar-se com banhos perfumados e sapatos caros se ali não houvesse algo além da solidão. Aquela mulher cuja os olhos investigavam as paredes, os tapetes, as lampadas dos cômodos desabitados... já não se importa. Mas lá estava ela. Não sabia o motivo de permanecer ali, sozinha, parecia lhe faltar algo mas, o quê? Aquele corpo antigo e desorientado vagava dia e noite por uma casa vazia, a procura de algo que sabe se lá o que era. As dúvidas eram claras no olhar daquela pobre velha, não tinha nada, nem ninguém. Era tanta solidão que um dia cansou-se de dar passos. Sentou-se num sofá pulveroso como quem esperava a morte, sem animo ou qualquer tipo de expressão emocional, apenas se permitiu virar pó, e cobrir aqueles móveis tantos vistos e memorizados, suas únicas companhias.
    Lá estava ela, em frente ao espelho encarando seus próprios olhos já transbordados, descobrindo o reflexo do seu interior.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, marujo! Agradeço desde já pelo seu comentário, é muito legal saber o que acham das postagens. Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa retribuir o comentário.