07 setembro 2015

Como ser perfeito?

A cada ano que passa nos tornamos mais idiotas. Dias atrás minha colega disse que viu uma matéria que dizia que fazemos parte da geração mais egocêntrica que existiu durante toda a historia da humanidade, e eu pensei "eu já sabia disso". Curtidas vale mais que virtudes, maquiagem vale mais que realidade, tamanho é mais importante que sentimentos. Que sociedade nos tornamos? Se essa geração se sente o centro do universo, imagina o que virá depois! Astronomia deve ser cada vez mais simplificada para essa pessoas. 
Mas a questão é: Como vai você?

Não somos maquinas, mas podemos ser alienados e modificados por outras pessoas, como se elas trocassem nossas peças substituindo por outras que julgam melhores. E quando nós permitimos que isso aconteça, deixamos de ser quem eramos. 
Fiz esse post voltado para as mulheres (não que os homens também não sejam vítimas, ou sofram com isso) mas por algum motivo creio que existe uma exigência maior do publico feminino. Devemos ser sempre perfumadas, com os corpos modelados, os cabelos impecáveis, as pernas lisas e proseadas. Um deslize e perdemos toda a nossa essência... isso de acordo com os idiotas. São homo sapiens com mente de primatas, que julgam a beleza de uma maneira extremamente fútil e inadequada. 
De acordo com os meus filósofos preferidos, a beleza é algo que vem de dentro de cada um. O que é realmente belo toca a nossa alma e nos faz admira-lo, mas o que muitos esquecem é que temos almas diferentes, logo, vemos a beleza de formas diferentes. Ou seja, da mesma maneira que o belo não existe, ele está vivo em cada coisa de acordo com cada um. Não é tão difícil de entender, aqui vão alguns exemplos:

  1. Se encontra vários quadros "estranhos" em exposições de arte. "O que há de belo nisso?" você se pergunta olhando rabiscos e borrões, esses quadros provam que a beleza pode ser encontrada em tudo. Não é o que somente se vê, mas o que se absorve daquilo. E se caso o quadro ainda parecer estranho para você, conclui-se que aquilo nada o transmitiu. Cada um vê beleza onde encontra-la, nem tudo agrada-rá a todos., pois somos todos diferentes
  2. Outro exemplo mais simplificado e familiar, é quando mostramos alguém que achamos bonito para um amigo e ele simplesmente não vê beleza alguma naquela pessoa. Almas diferentes, gostos diferentes, essências diferentes, opiniões distintas. 
Por isso não se deixe levar pelo o que a TV, ou até mesmo o que a maioria diz quando se trata de beleza. Não são a quantidade de curtidas da sua foto que irão definir você. Não viemos para esse mundo para ser belos, e sim, para apreciar o que é belo. E quando trata-se de se sentir bem, saiba que mulheres (homens) da forma natural são harmônicos. Sinta-se bem com você mesma da forma que você é, e se for para mudar algo que seja por um desejo próprio e não por outras pessoas. Por dentro somos todos feitos de carne ossos que um dia irão desmanchar-se igualmente, voltando ao pó. E lembre-se sempre, como li uma vez em um livro: O essencial é invisível aos olhos.

Preparei uma pequena playlist para você ouvir e refletir, criando novas definições de BELEZA.





2 comentários:

  1. (Palmas)! Ótima análise, ótima reflexão e ótima playlist! É engraçado, parece que toda forma de arte é imune contra a estupidez humana. E o ambiente artístico geralmente é o meio que desperta nossa criticidade e faz com que vejamos o quão amplo podemos ser e o quão amplo realmente somos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belas palavras, concordo plenamente. E obrigada pelos elogios! :))

      Excluir

Olá, marujo! Agradeço desde já pelo seu comentário, é muito legal saber o que acham das postagens. Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa retribuir o comentário.