02 agosto 2015

Como acabar com a acne

Hoje decidi falar sobre um tema bastante presente em minha vida, acne. Quem nunca sofreu com uma espinha gigantesca no rosto não sabe a sorte que teve, pois além de mudar nossa aparência, as acnes deixam-nos sem humor pois são consideradas algo nojento e feio pela sociedade. Durante esse post irei falar algumas coisas sobre o assunto além de dicas para acabar com as espinhas que tanto nos irritam. Continue lendo. 

Um pouco mais sobre


Uma pele bonita sempre esteve nos pedidos para um rosto perfeito, por isso não é de se surpreender o desanimo de alguém quando isso não acontece; acne é uma doença bastante comum nas pessoas , principalmente nos adolescentes. Sejam lá elas uma faze ou não, conseguem abalar de forma emocionalmente forte, o que faz muitas pessoas tomarem decisões desesperadoras para acabar com elas. Mas existe tratamentos adequados para isso, e a desesperança não é um deles.

Como é ter acne

Ter acne é uma droga! Comecei a ter espinhas na pré-adolescência, dai pra frente nunca mais parou. Cheguei a pensar que futuramente teria o rosto todo danificado, pois sabia que muitas vezes é isso que acontece quando se tem muitas espinhas. Quando entrei no ensino médio a situação era pior, meu rosto mais parecia um chokito, e o fato delas serem muitas e chamativas me deixava bastante deprimida. Existem pessoas que tem uma espinha no meio da testa no dia que vai para uma festa importante, e existem pessoas que tem espinhas por todo o rosto todos os dias da semana, eu era a segunda alternativa. Quando você passa por isso, é notável no olhar das pessoas que elas reparam em seu rosto, isso te deixa muito pra baixo! A melhor forma de expressar é dizer como eu me sentia, isso é, horrível! Sem exagero algum. Cheguei ao ponto de passar por constrangimentos e por piadinhas de mau gosto! Por isso, se caso um dia você encontrar alguém que chore por se sentir inferior por causa da aparência que carrega, não o julgue "o dramático", pois vivemos em um lugar onde a maioria presume o outro pela roupa, corpo e etc... devido a isso, atualmente uma das formas de se sentir bem, é se sentir bonito para alguém.

Como se cuidar

Quando percebi que o meu rosto só piorava, fui a procura de um especialista. Comprei alguns medicamentos que de fato funcionaram, e foram aprovados em semanas de uso. E, antes que alguém me pergunte quais eram esses medicamentos, devo dizer que não irei falar. Até porque alguns precisaram de receitas para serem comprados, e também porquê  cada um tem uma situação diferente e precisa de uma atenção diferente.
Mas, aqui vão algumas dicas que vão sim interferir no estado de sua pele. Cuidados que iram ajudar a quem precisa.

  1. Procure um especialista. Antes de ir ao dermatologista fiz várias pesquisas na internet e usei diversos produtos para acne, nada deu certo. Isso explica a importância da forma correta de se tratar, além de ser confiável é notável.
  2. Alimentação, sim, ela interfere na aparência de nosso maior órgão. Não é por acaso que escuto desde pequena que cenoura faz bem para a pele.
  3. Lave sempre seu rosto, principalmente se você tem a pele oleosa e mora em uma cidade quente como é o meu caso. Use um sabão somente para seu rosto e apenas seu.
  4. Nunca vá dormir maquiada, isso entupira seus poros o que facilitará o aparecimento de espinhas. 
  5. Não espreme-as! Fiz essa pergunta que me torturava para a dermatologista, e ela disse que não é legal espremer as espinhas (isso não quer dizer que a obedeci, mas tento, juro) pois dessa forma nosso rosto fica manchado. Por isso ela indicou especialistas que trabalham com isso, no caso, limpeza de pele.
Essas foram as dicas e espero que tenha ajudado alguém. Se caso vim a perguntar o estado do meu rosto agora, diria que estou passando pela aquela primeira alternativa citada anteriormente. Mas sem duvidas alguma, bem melhor que antes! Por isso nada de desespero e desesperança, ou de se importar  demais com o que os outros pensam sobre suas espinhas, sinta-se feliz sempre com quem você é.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, marujo! Agradeço desde já pelo seu comentário, é muito legal saber o que acham das postagens. Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa retribuir o comentário.