03 setembro 2014

A Pesquisa de Júlia - Episódio 1


"You had a lot of moments that didn't last forever. Now you in the corner tryna put it together... how to love?" (Play)

E lá estava ela novamente, sentada em frente ao espelhe se perguntando o que havia de errado. Julia nunca foi de se apaixonar, mas depois que Bia dissera aquelas palavras, ela não parava de pensar sobre esse tal de amor que todos vivem falando. Chegou até a duvidar que dentro dela batia um coração de pedra. Mas como poderia amar alguém, sem antes saber o que era amor? Assim ficou até ouvir a porta abrir, era sua amiga Veronika.
-Júlia, você ta aí?
-Estou, como foi a festa?-Gritou do quarto
Veronika chega até o quarto e encontra a amiga com a mesma expressão que deixara antes de ir para festa com outras garotas. As duas se tornaram amigas em 2007 e deste então não se desgrudaram. Deixaram a pequena cidade em que moravam e resolveram dividir o apartamento para economizar a grana na cidade grande, mas para as duas era uma diversão morar juntas.
-Foi legal, mas não é a mesma coisa sem você. Quando você vai esquecer o que a Bia disse?
Antes que Júlia pudesse responder, seu celular vibrou sobre a cama. Veronika estava mais próxima e o pega.
-Quem é? -Pergunta, Júlia. Ainda em frente ao espelho.
-É o Diego!
Veronika pula de alegria e vai até a Júlia, entregando o celular. Mas a menina não reage, e continua a se encarar.
-Não vai atender?
-Não.
Veronika se mostra confusa e não entende a atitude da amiga. Poucos dias antes Júlia roía as unhas esperando por um telefonema do Diego, um dos caras mais lindos que já havia conhecido. Não era novidade para ninguém ver Júlia ao lado de homens bonitos, mas Diego era diferente. Era bem sucedido e gentil. Mas mesmo assim, Júlia parecia não se importar.
-Eu entendo e respeito a sua tristeza, Jú. Mas o que a Bia falou não tem o menor sentido, não precisa continuar assim.
Ao ouvir aquilo, Júlia se recorda de cada palavra que ouvira alguns dias atrás. E sua tristeza parece aumentar. Ela se levanta e se direciona até o guarda-roupas.
-Não, Veronika! A Bia estava certa. -Falava enquanto tirava algumas roupas do armário. -Se eu soubesse o que é amar alguém, não viveria conhecendo novos caras a cada semana.
-Mas conhecer novos caras a cada semana é uma escolha sua, não é um erro. Todo mundo faz isso.
-Mas eu cansei. Não quero olhar para trás e ver que meu passado não passou de diversão, de festas e bebidas. Eu quero algo melhor!
-E o que seria melhor que isso?
-Eu não sei... ainda não sei. Olha só para mim, perdendo tempo de minha vida com o Diego, e pior, fazendo ele perder tempo também. Porque mesmo eu sentindo uma forte atração por ele, eu sei que o que sinto, não vai durar. A Bia  disse que eu não sei amar, que apenas brinco com meus próprios sentimentos. Ela não mentiu, Veronika.
Júlia continuou pegando algumas roupas e colocando sobre a cama, também uma câmera semi-profissional que tanto amava. Em seguida pegou sua mochila de viagem.
-E o que você pretende fazer? -Perguntou Veronika, sem esperanças.
Ela ficou muda por um tempo, encarando a mala por alguns segundos. Mas logo respondeu, com certo brilho no olhar.
-Eu vou descobrir o que é amor.
Ela mirou o nada e pensou em inúmeras possibilidades de ser feliz com tal descoberta. Ela queria ser feliz. 
-Júlia, amor é só uma palavra. Por favor, não tente fazer nenhuma de suas loucuras.
Júlia olhou para a amiga e sorriu em seguida, confirmando que iria seguir com suas ideias. Logo pegou um simples caderno que havia comprado, para se caso um dia precisar de um. Esse dia havia chegado. Júlia estava decidida, sairia às 5:00 da manhã para algum lugar desse mundo. Em busca de uma resposta, algo que a convencesse de que amor não é apenas uma palavra.

 Havia chegado a hora, e depois de se despedir e antes de partir, Júlia abriu o pequeno caderno e escreveu na primeira pagina:
"E aqui inicia a minha jornada, onde tenho como objetivo responder uma única pergunta. Sei que isso pode ser mesmo uma grande loucura, mas serei louca se caso for preciso para saber amar. E que a duvida sirva como motivação. "

2 comentários:

  1. Amei seu blog! E mesmo não tendo lido seu primeiro cap ainda (vou ler no fds), já posso dizer que vou acompanhar sempre o seu blog *-*
    Beijos, Isa.

    www.heartofsunday.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, espero que esteja dizendo a verdade pois sempre será bem vinda! \o/ Obrigada e beijocas!!! :DD

      Excluir

Olá, marujo! Agradeço desde já pelo seu comentário, é muito legal saber o que acham das postagens. Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa retribuir o comentário.