06 julho 2014

Outra vez

Vejo você se afastar aos poucos, e tento aceitar. É inútil dizer que nada mudou, que somos os mesmos de sempre e que tudo continua como antes. Não podemos evitar, as pessoas mudam, e se revelam. E como sempre, eu acabarei trancada em meu quarto com minhas lembranças e lágrimas, me culpando por novamente acreditar que podia confiar em alguém. Que iria ser diferente.
  Talvez a culpa seja mesmo minha, por idealizar demais. Por pensar que você nunca me trocaria por outra pessoa. Por achar que finalmente, havia encontrado em você o que não havia em mais ninguém. Eu me enganei, outra vez... E só me resta aceitar.

2 comentários:

  1. Perfeito! Exatamente o que estou sentindo ://
    Belo conto!!


    Curta:
    https://www.facebook.com/BLOGAngelP?fref=ts

    Big Kiss ;*
    www.angelpoubel.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwwn obrigada :))
      Gosto quando se identificam com os meus textos, mas nesse caso não é tão bom assim... Mas a vida é como um jogo, né? Temos que passar por diversas fases se caso querermos ganhar algo no fim. Obg, se cuida <3

      Excluir

Olá, marujo! Agradeço desde já pelo seu comentário, é muito legal saber o que acham das postagens. Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa retribuir o comentário.