16 novembro 2013

Vez ou outra, nos empurrando...

Me disseram que você voltou para a cidade... por um instante voltei no tempo e relembrei dos curtos momentos que passamos juntos, e todas aquelas nossas brincadeiras que serviam de desculpa para nos encontrarmos. Foi bom ter um momento de minha vida dedicada para você, até você ir, me permitindo enxergar que tudo o que vivemos foi pura fantasia da tola adolescência. Eu me entreguei a você, e você apenas se emprestou um pouco. E agora eu sei que você esta de volta, pronto para viver mais novos intensos momentos da sua vida com outra pessoa, e o que me resta a fazer? Bom, eu tenho alguns livros na prateleira e desde que você se foi, percebi que não o preciso para seguir em frente. As vezes o amor tem um jeito estranho de nos ensinar a caminhar.

6 comentários:

  1. Nossa... que texto lindo! Você tem bastante talento ein rs

    Abraços,
    Minus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwwn que bom que gostou *--* e muito obrigada ^---^

      Abraços \o/

      Excluir
  2. Hey! Você escreve muito bem, deveria se dedicar a escritura de livros hahaha
    rockncherry.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acha mesmo? Bom, são apenas algumas bobagens que eu tento expressar através da escrita, mesmo assim obrigada <3 kkk paparazzis me aguardem! kk u-u' mas talvez eu siga seu concelho, sei lá haha'

      Excluir
  3. É assim que se fala, não há nada melhor que a companhia do nosso verdadeiro amor... aquele livro. Haha' Livros são vida, cara!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk' tu bem sabe disso né Kate "tudo bem, eu tenho livros" kkk são sim, com certeza...

      Excluir

Olá, marujo! Agradeço desde já pelo seu comentário, é muito legal saber o que acham das postagens. Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa retribuir o comentário.