04 agosto 2013

Querido Leonard...


"Olá Leonard, hoje cedo quando lavava roupa no tanque quase velho da minha casa, lembrei de você, por isso estou te escrevendo essa carta. Aqui sozinha junto ao azul do céu, recordei-me daquelas nossas bobas brincadeira de correr entre as roupas do varal, nos sentíamos crianças novamente com nosso jeito de passar o tempo juntos, e então percebi que ainda sinto sua falta, mesmo depois de tantos anos ainda lembro daquela sua risada, e das vezes que deixávamos as roupas limpas cair e novamente ter que lava-las. Depois que você foi em busca de seus sonhos obedecendo seus deveres militares, nos desconectamos, o meu orgulho falou mais alto e nunca aceitei essa sua decisão de partir sem mim. Mas agora, agora percebo o quanto você me faz falta. Sei que essa carta não vai chegar, e se chegar não será respondida nem sequer recebida por você, afinal, você partiu. Mas seja lá onde você esteja agora, saiba que ainda me faz falta, e que sua imagem correndo entre as roupas no varal não sai da minha mente e nunca há de sair, pois você Leoard, foi meu primeiro amor. E amor prevalece, mesmo após a morte. Eu te amo..."

2 comentários:

  1. Que lindo juh perecee que vei da alma cara perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwwwwn que linda, obg *-----*
      Achou mesmo? Que bom que gostou ><

      Excluir

Olá, marujo! Agradeço desde já pelo seu comentário, é muito legal saber o que acham das postagens. Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa retribuir o comentário.