04 agosto 2013

O Diário de Anne Frank!!

Acho que todos conhecem ou já ouviu falar desse tal diário dessa tal Anne Frank, certo? Bom, esse livro que traz esse titulo foi escrito por um garota chamada Anne Frank (Jura?) que com apenas 13 anos de idade decidiu manter tudo o que pensava em um diário. Mas o legal é que ele foi escrito durante a segunda guerra mundial, Anne e sua família com outros judeus, ficaram escondidos durante a corrupção nazista. Mas assim como muitos, Anne foi levada para o centro de concentração e lá morreu. Mas seu diário se tornou livro e atualmente é um dos mais traduzidos no mundo todo. Eu (Júh) nunca li, mas pretendo muito e já está em minha lista de "livros que um dia terei" haha' Mas já vi várias frases e pequenos textos retirado dele, e isso aumenta mais a minha vontade de ler o livro. Confira você também:

(Essa é Anne Frank, linda não é mesmo?)

Meus próprios pensamentos me dão pesadelos. -O diário de Anne Frank

Naquela noite deitei na cama e chorei até me acabar, ao mesmo tempo em que me certificava de que ninguém ouvia. -O diário de Anne Frank

Já nem tenho coragem para fazer seja o que for, porque tenho medo de fazer qualquer coisa que seja proibido. -O diário de Anne Frank

Mas ninguém se incomodou em perguntar como eu me sentia. -O diário de Anne Frank

Quando falo, todo mundo acha que estou querendo aparecer, que sou ridícula quando fico quieta, insolente quando respondo, inteligente quando tenho uma boa ideia, preguiçosa quando estou cansada, egoísta quando como um pouquinho mais do que deveria, imbecil, covarde, calculista e outros adjetivos. O dia inteiro só ouço dizerem como sou uma criança irritante, e apesar de rir e fingir que não me importo, eu me importo, sim. Gostaria de pedir a Deus que me desse outra personalidade, uma que não criasse antagonismos com todo mundo. Mas isso é impossível. Estou presa ao caráter com o qual nasci e, mesmo assim, tenho certeza de que não sou má pessoa. Faço o máximo para agradar a todos, mais do que eles suspeitariam num milhão de anos. -O diário de Anne Frank (Me identifico muito com ela gente, já li muitos trechos desse livro) 

Na cama, à noite, enquanto penso em meus muitos pecados e em meus defeitos exagerados, fico tão confusa pela quantidade de coisas que tenho que analisar que não sei se rio ou se choro, dependendo do meu humor. Depois durmo com a sensação estranha de que quero ser diferente do que sou, ou de que sou diferente do que quero ser, ou talvez de me comportar diferente do que sou ou do que quero ser. -O diário de Anne Frank (Amo esse *-*)

Amor, o que é o amor? Não creio que se possa realmente pôr em palavras. Amor é entender alguém, se importar, compartilhar as alegrias e tristezas. Isso pode incluir o amor físico. Você compartilha alguma coisa, dá alguma coisa e recebe algo em troca, seja ou não casada, tenha ou não um filho. Perder a virtude não importa, desde que você saiba que, enquanto viver, terá ao lado alguém que a compreenda e que não precisa ser dividido com ninguém mais! -O diário de Anne Frank

Para ser franca, não consigo imaginar como alguém poderia dizer “Eu sou fraco" e continuar assim. Se você sabe isso a seu respeito, por que não luta contra, por que não desenvolve o caráter? -O diário de Anne Frank

Qualquer pessoa que, de propósito, cause tamanha dor a outra que diz amar é digna de desprezo, a mais baixa das mais baixas criaturas! -O diário de Anne Frank (Pura verdade)

Saia, vá para o campo, aproveite o sol e tudo que a natureza tem para oferecer. Saia e tente recapturar a felicidade que há dentro de você; pense na beleza que há em você e em tudo ao seu redor, e seja feliz. -O diário de Anne Frank

Você pode me dizer por que as pessoas se esforçam tanto para esconder seu eu verdadeiro? […] Por que as pessoas confiam tão pouco umas nas outras? Sei que deve haver algum motivo, mas às vezes acho horrível não poder confiar em ninguém, nem mesmo nas pessoas mais próximas. -O diário de Anne Frank

Cheguei a ponto de nem me importar se vivo ou se morro. O mundo vai continuar girando sem mim, e não posso fazer nada para mudar os acontecimentos. Vou deixar que as coisas sigam o seu rumo e me concentrar no estudo e na esperança de que tudo acabe bem. -O diário de Anne Frank (Pode parecer bobagem e é, mas eu chorei lendo isso)

Os abraços foram feitos para expressar o que as palavras deixam a desejar. -O diário de Anne Frank

O sono faz o silêncio e o medo terrível irem embora mais depressa, ajuda a passar o tempo, já que é impossível matá-lo. -O diário de Anne Frank

Quando escrevo sinto um alívio, a minha dor desaparece, a coragem volta… ao escrever sei esclarecer todos os meus pensamentos, os meus ideais, as minhas fantasias. -O diário de Anne Frank (Por que me identifico com ela?)

Eu falo mais comigo mesma do que com os outros. -O diário de Anne Frank (Fato)

Como acho as opiniões dos outros quase sempre tolas e só as minhas certas, o melhor é não dizer nada. -O diário de Anne Frank

Os mortos recebem mais flores que os vivos, porque o remorso é mais forte que a gratidão. -O diário de Anne Frank

Não quero que minha vida tenha passado em vão, como a maioria das pessoas. Quero ser útil ou trazer alegria a todas as pessoas, mesmo àquelas que jamais conheci. -O diário de Anne Frank

Gostaram? Curtiram? Aprovaram? Espero que sim, quero muito ler esse livro, deve ser muito legal saber mais sobre o que Anne Frank passava ali, se escondendo em um momento tão tenso que o mundo passou. É isso, beiJúh! <3

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Sabe Kate, falta um tempo pra o meu aniversario mas eu ja estou aceitando presentes, ta? kkkk' Pow! Cadê a humildade? Rum! u-u LOL! :DD

      Excluir

Olá, marujo! Agradeço desde já pelo seu comentário, é muito legal saber o que acham das postagens. Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa retribuir o comentário.