18 junho 2013

Nem Freud explica...

E eu que sempre achava que o mundo estava do avesso, percebi hoje que tudo esta como deveria, e quem esta do avesso na verdade, sou eu! Sim! Como eu não percebi isso antes? A do contra, com duvidas estranhas e respostas surreais, complicada ao extremo, louca e desajeitada, sempre com um papo clichê tentando mudar o mundo, eu sou diferente de todos que conheço, não posso ser desse planeta, isso é obvio! Sou completamente o contrario de todos com pensamentos que nem mesmo Freud sabe explicar! É, eu não sou daqui. Acho que eu estava na janela da minha nave quando demos a curva nesse planeta, ou sei lá. Deve ser por isso que nunca sou compreendida, e sempre me sinto uma agulha no palheiro, um tomate no meio dos vegetais, sem esquecer que nunca encontro a tampa da minha panela! Ta, talvez seja só mais um dos meus pensamentos bobos e infantis mas, tudo indica que eu não sou daqui. Mas se eu realmente ser desse planeta tem algo errado comigo, e é de se preocupar, já que que sou tudo que mais ninguém é. Mas pensando bem, não sou a unica a ser tão diferente da maioria, exite muitas outras pessoas que se sentam assim como eu, como se não se encachasse, complicadas e com duvidas mais estranhas que a minha. É, eu não sou a unica... Acho que aquela nave cabotou na curva. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, marujo! Agradeço desde já pelo seu comentário, é muito legal saber o que acham das postagens. Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa retribuir o comentário.